Otimizi

Divisória de ambiente

Divisória de ambiente

Os ambientes integrados nem sempre precisam ser tão integrados assim. Muitas vezes é preciso garantir uma certa privacidade e esconder, mesmo que suavemente, certos aspectos do ambiente. E para isso não é preciso uma parede de concreto dura e pesada. Uma simples divisória de ambiente já resolve muito bem a questão.

As divisórias de ambiente estão em alta nos projetos residenciais, especialmente em casas e apartamentos pequenos. Elas são ideais para delimitar e dividir os espaços sem pesar e, ainda, colaboram com o aspecto decorativo e estético do ambiente.

Atualmente existem diferentes tipos de divisórias de ambiente disponíveis no mercado. Certamente existe uma que se enquadra perfeitamente ao seu projeto. Conheça a seguir os tipos de divisórias mais comuns e uma seleção de fotos com divisórias que vão te encantar.


Tipos de divisórias de ambientes


Cobogó

De origem pernambucana, os cobogós foram criados por três engenheiros de Recife – Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis – nos anos de 1929 e 1930. A união das iniciais dos sobrenomes dos três deu origem a palavra Cobogó.

Bem, mas história à parte, o fato é que os cobogós voltaram a dominar a cena e, hoje em dia, estão presentes em projetos variados, dos mais simples aos mais sofisticados.

Os cobogós, nada mais são do que elementos vazados, geralmente feitos de cimento, que permitem a circulação de ar e a iluminação natural.
Eles também podem ser encontrados em argila, cerâmica e vidro, nas mais variadas formas e cores.

Madeira

A madeira é sempre um xodó nos projetos de arquitetura e design. Para divisórias, a madeira permite formas e desenhos variados. O material pode ser usado em diferentes tipos de decorações, das mais modernas passando pelas clássicas até chegar às rústicas.

Com a madeira também é possível criar divisórias vazadas e portas de correr, ambos os modelos muito valorizados nos projetos atuais.

Drywall

Para quem deseja uma divisória toda fechada pode apostar no drywall. O material é um composto de gesso fixado em estruturas de aço galvanizado. O lado bom desse tipo de divisória em relação a uma parede convencional são sua fácil e rápida instalação, o custo reduzido e a possibilidade de retirá-la no futuro sem causar danos à estrutura da casa.

Pedras

Entre as pedras mais utilizadas para criar divisórias estão o mármore e o granito. As pedras conferem um toque de classe e luxo ao ambiente, contudo elas são limitadas no que se refere às formas e desenhos. As pedras também não permitem a troca de luz e ventilação entre os ambientes, salvo nos casos em que elas são instaladas em peças verticais separadas uma da outra.

Metal ou ferro

Chapas de aço ou de ferro também podem ser utilizados como divisórias e trazem um aspecto moderno e industrial ao ambiente. As chapas podem ser tanto vazadas quanto inteiras, variando de acordo com o estilo que você deseja dar ao projeto.

Outra forma de utilizar o material nas divisórias é usando-o na estrutura. Nesse modelo, a divisória se assemelha a uma estante.

Vidro

O vidro é um material bem versátil e pode ser usado como divisória de diferentes formas. Um dos tipos mais comuns encontrados por aí são os blocos de vidro. Eles são ótimos para garantir privacidade, já que não é possível ter uma visão nítida do outro lado através deles. Porém, apesar de permitirem a passagem da luz, os blocos de vidro não são bons para a circulação de ar, pois são totalmente fechados a não ser que sejam instalados com espaço entre eles.

Mas se ainda deseja apostar no vidro, pode optar por uma folha única incolor, fumê ou jateada. Esse tipo de divisória se assemelha a um box de banheiro. Nesse caso, é possível fazer a instalação com partes vazadas, permitindo a ventilação.

Outros materiais

Além dos materiais citados acima, ainda é possível utilizar como divisórias de ambientes biombos, cortinas de pano, entre diversas outras possibilidades. Existem também muito projetos de divisórias feitas com materiais recicláveis como garrafas de vidro, papelão, papel e canos de pvc.

Entre o home office e a sala uma divisória de vidro; aqui ela serve apenas para demarcar cada cômodo sem preocupação com a privacidade.

Divisória de ambiente moderna e marcante de peças de plástico unidas umas as outras.

Tubulação de metal forma essa divisória de ambiente que também serve como apoio para objetos decorativos.

Divisória de ambiente vazada entre a sala de estar e a sala de jantar.

Uma estante como divisória: ideia útil e funcional.

Lembrando os antigos portões de ferro, essa divisória de ambiente amarela dá um choque de estilo no ambiente.


Caibros de diferentes alturas formam essa pequena divisória de ambiente.

Uma divisória de ambiente de vidro separa a cozinha do hall de entrada, mesmo com a presença do balcão.

Divisória de ambiente de madeira embutida no forro de gesso: metade da divisória é vazada enquanto o restante funciona como uma parede.

Divisórias de vidros coloridos deixam os ambientes modernos e sofisticados.

Se inspire!!

Vamos Otimizar?!!!
Contato: 4003-4742 ou 0800 591 6006
sac@otimizi.com

Nos sigam no Instagram: @Otimizi

Curta nossa página no Facebook: Otimizi

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.