Otimizi

Decorar com o que você já tem

Decorar com o que você já tem

Decorar com o que você já tem

Sem medo de errar, eu diria que você pode decorar com o que você já tem para transformar a sua casa em um lugar acolhedor e confortável para viver a sua vida da melhor forma possível.

Você quer que a sua casa reflita a sua personalidade, quer ter o prazer de ouvir os seus amigos dizerem: Ficou a sua cara!
Por isso, não faz nenhum sentido você começar a decorar do zero. Jogar tudo fora e comprar tudo novo.
Faça um inventário do que você já tem.

Catalogar seus móveis e acessórios, como cortinas, tapetes, luminárias e etc…vai te ajudar de 2 maneiras; visualizando os ítens que tem a ver com o seu estilo de decoração e podem ser aproveitados e redescobrindo uma peça que está “sobrando” mas que pode ser reutilizada em outra função.

Como fazer um inventário das suas coisas:
1. Fotografe e meça tudo
2. Faça uma planilha com a foto, as medidas e uma descrição de cada peça
3. Separe as peças em 3 grupos: manter, reformar e doar ou vender
Na hora de decorar com o que você já tem, pense como se você estivesse garimpando preciosidades em uma feirinha de antiguidades.

Você vai se surpreender com as possibilidades que vão surgir. Muitas vezes, um móvel que está incomodando em um ambiente pode assumir outra função e virar a estrela em outro espaço.

Por exemplo, uma cômoda que está ocupando muito lugar no quarto pode virar um aparador na sala, uma cristaleira antiguinha pode organizar a sua coleção de sapatos ou uma estante de livros sem graça pode ir parar na cozinha e deixar à mão as suas louças mais bonitas.

Decorar com as coisas que você já tem e que tem significado prá você. Isso é o que traz personalidade e exclusividade para a decoração.
Sem contar, que ao reutilizar seus pertences você ainda contribui duplamente com o planeta. Evitando o descarte de matéria-prima que demoraria décadas para se decompor no lixão e economizando os recursos naturais que seriam necessários para produzir peças novas.

Isso é decoração prá vida real!

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.